segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Sexualidade e Adolescência

Por ser professor sei da dificuldade de se falar sobre sexualidade para adolescentes, é um verdadeiro jogo de empurra. O mais interessante seria a família dar o suporte necessário para que o ou a adolescente tenha as informações necessárias sobre o assunto - infelizmente não é isso que acontece. E quando acontece, principalmente entre as famílias menos instruídas, percebemos noções carregadas de tabus, preconceitos, influência religiosa e tudo mais.
Mudar isso não é fácil! Em tese a escola deveria dar o suporte necessário para que adolescentes tenham as informações sobre sua sexualidade. Isso muitas vezes não acontece, principalmente nas escolas públicas. Às vezes, professores de ciências, biologia ou educação física são eleitos por livre e espontânea pressão para assumir o papel de divulgadores desse conhecimento. Reconheço que muitos são extremamente competentes, pois que já constatei por conta própria, mas a sexualidade não abrange apenas a parte física ela tem uma extensão psicológica, cultural, subjetiva que torna difícil entender lidando apenas com as condições hormonais e biológicas em geral. A sexualidade tem uma abrangência complicada e requer estudo sério e muita leitura desvinculada de ideias pré-concebidas e preconceitos culturalmente impostos dos quais a sociedade está carregada.
Tenho lembranças de infelizes tentativas onde, no maior cuidado do mundo, tentei falar sobre assunto sexualidade conforme manda o figurino, com intervenções que se faziam necessárias pois que, visto uma análise completamente distorcida, tentei interferir. E o resultado, em boa parte das vezes, foi decepcionante! Pais dizendo que de sexo eles é que falam, outros alunos fazendo brincadeirinhas, adolescentes de família religiosas dizendo aos pastores que o professor falou besteira na sala de aula, e por aí vai.
Em muitos cursos de atualização para professores, os quais muitos eu fiz, e até na minha formação acadêmica estudei muitas formas de abordar o assunto sexualidade para adolescentes. O que me autoriza, pelo menos em parte (pois não sou especialista no assunto) a fazer intervenções necessárias. Entendendo a idade para tecer comentários, respondento às dúvidas que vêm escritas em um papel anômino, sendo impessoal e se fundamentando em livros e artigos escritos por especialistas. Mas, isso ainda não é suficiente. Pelo menos em um número razoável de escolas.
Quero nessa ocasião, disponibilizar sites que tratam do assunto, os quais eu os li e percebi que são relevantes para os adolescentes. Reconheço que de sexualidade ninguém entende tudo, pois além de todo conhecimento, existe uma parte pessoal importante para o desenvolvimento da mesma, mas também é de suma importância ter informações adequadas sobre tal tema, essas informações ajudam os adolescente a estender suas percepções e os orientam nesse vasto mundo da sexualidade.
Deixo bem frisado! Todos os sites e artigos que eu estou indicando são escritos por pessoas que entendem do assunto e sabem o que estão escrevendo, eles têm o importante papel de sanar tantas dúvidas que o ciclo de amizade e muitas vezes as próprias famílias e até a escola não conseguem saná-la.

Aí estão eles.

Vivendo a adolescência. Esse site disponibiliza inúmeras informações sobre sexualidade na fase da adolescência, escritos por pessoas capacitadas e especialistas no assunto tem parcerias importantes, possui um espaço de perguntas e respostas sobre o tema. Nasceu da iniciativa de um grupo de adolescentes que viram a necessidade de criar um espaço que pudessem informar os adolescentes e tirar dúvidas sobre sexualidade.

Teen Sexo-UOL. Você pode tirar várias dúvidas nesse espaço, como explicações sobre virgindade, primeira transa, clitóris, homens nunca "falham", excitação, gravidez, hímem, etc.

Sexualidade na adolescência. Um bom artigo para se entender como se processa a sexualiade nessa fase da vida. Com informações valiosas sobre as comuns mudanças comportamentais relacionadas a sexulidade. Por: Élide Camargo Signorelli tem formação psicanalítica pelo C.P.CAMP, Centro de Psicanálise de Campinas, e especialização em adolescência pelo Departamento de Psiquiatria da FCM da UNICAMP.
Juventude cidadã. Site da prefeitura municipal de São Bernardo do Campo, com vária informações, tira muitas dúvidas relacionadas à gravidez na adolescência, menstruação etc.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não encontrou o que queria? Pesquise na web.

Pesquisa personalizada