quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Bases Físicas do Brasil. Série Geografia do Brasil III

Essa série de posts visa contribuir com alunos que estão cursando principalmente o segundo ano do ensino médio, não que o assunto não seja útil a outros anos, mas o que vocês verão aqui é o resultado de um material que foi preparado como breves notas de aulas para um determinado segundo colegial.Como sempre, alerto meus alunos, não se trata de nada acabado, são apenas notas que lhes direcionarão para pesquisas mais abrangentes.
A referência bibliográfica estará disponível num elemento de página na barra lateral do vídeo.
Boa leitura!
Bases Físicas do Brasil.
Podemos entender como base física as ocorrência naturais que se manifestam no território do Brasil. No caso da Geografia, principalmente o relevo, a hidrografia, a vegetação e o clima.
O ser humano atuando no meio natural retira matéria-prima ou usa-o de forma a satisfazer basicamente todas suas necessidades. Não podemos desvincular de forma plena o ser humano do meio natural onde ele vive, nossa intenção aqui e fazer uma apresentação suscinta das características físicas presentes no Brasil, com o objetivo de entender em qual substrato o povo brasileiro e suas instituições atuam.
Segue-se abaixo algumas informação sobre as bases físicas que constituem o Brasil.
Formações vegetais.
As formações vegetais ocupam quase toda superfície do planeta e se desenvolvem naturalmente devido às influências principalmente de clima, solo, umidade, calor, etc. Essas formações vegetais podem receber várias denominações dependendo de quem (ou da ciência) que os estudam. Dentre as denominações temos:
Biomas: grandes tipos de ecossistemas da biosfera, que se diferenciam por um tipo de vegetação que o caracteriza. (SILVA JÚNIOR, César; SANSSON, Sezar. 2005.p.407);
Domínio morfoclimático: conjunto espacial de grandes dimensões que se caracteriza por uma interação coerente entre as feições do relevo, os tipos de solos, condições climática, hidrologia e as formas de vegetação. (MAGNOLI, Demétrio; ARAUJO, Regina, 2005.p.106).
Nesse trabalho trataremos as formações vegetais do Brasil como biomas. Especificando que um bioma pode conter vários tipos de vegetação, sendo que esse conjunto de vegetações visualmente se apresenta como uma extensão semelhante.
Biomas Litorâneos: compostos principalmente por mangues que ocorrem em boa parte do litoral brasileiro, são importantes zonas de reprodução de vida animal marinha.
Caatinga: ocorre no sertão nordestino, caracteriza-se por uma vegetação de arbustos de porte médio, secos e com galhos retorcidos e cactos. Boa parte dessa vegetação é xerófita, adaptada ao clima semi-árido.
Campos: sua área de maior ocorrência é o Rio Grande do Sul, mas também está presente em algumas áreas da região norte (Amazonas, Pará e Roraima). Caracteriza-se pela presença de pequenos arbustos, gramíneas e herbáceas.
Cerrado: Presente em boa parte do Brasil central é encontrado nos estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Tocantins. Com uma rica biodiversidade, caracteriza-se pela presença de gramíneas, arbustos e árvores retorcidas.
Floresta Amazônica: É a maior floresta tropical do mundo e possui a rica biodiversidade. Ocorre na região norte e centro-oeste (Amazonas, Roraima, Acre, Rondônia, Mato Grosso, Amapá, Maranhão e Tocantins). Caracteriza-se pela presença de árvores de grande porte, situadas bem próximas umas das outras.
Mata dos Pinhais: também conhecida como Mata de Araucárias, em função da grande presença da Araucária. Presente no sul do Brasil, caracteriza-se pela presença de pinheiros, um bioma com característica de clima subtropical.
Mata Atlântica: é o bioma mais devastado do Brasil, no passado ocupou boa parte da região litorânea brasileira. Por se localizar em região de grande ocupação antrópica (do homem) foi muito desmatada, hoje ocupa somente 7% da área original. Rica biodiversidade, com presença de diversas espécies animais e vegetais.
Mata de Cocais: ocorre na região meio-norte do nordeste, presente, principalmente, na região norte dos estados do Maranhão, Tocantins e Piauí. É uma área de transição entre a Floresta Amazônica, Cerrado e da Caatinga. Presença de palmeiras com folhas grandes e finas.
Pantanal: Ocorre nos estados de Mato-Grosso e Mato-Grosso do Sul. É a maior planície de inundação do planeta. Considerada, também uma zona de transição ali estão presentes gramíneas, arbustos e palmeiras, com vegetações que possuem características dos demais biomas do Brasil.
Bacias hidrográficas.
Conceito.
Uma área onde um rio principal e seus afluentes drenam a água levando-a, normalmente, a um oceano ou lago.
Principais Bacias Hidrográficas do Brasil.
Bacia Amazônica: localizada na região norte do Brasil, é a maior bacia hidrográfica do mundo, possuindo 7 milhões de quilômetros quadrados (4 milhões em território brasileiro). Seu rio principal é o Amazonas que juntamente com milhares de outros drenam toda água da região para o Oceano Atlântico.
Bacia do rio Paraná: sua extensão é de aproximadamente 900 mil quilômetros quadrados, localizada em grande parte na região sudeste e sul do Brasil. Seu principal rio é o Paraná que recebe as águas de outros rios com: Tietê, Paranapanema, São José dos Dourados, etc.
Bacia do rio Paraguai: O principal rio desta Bacia é o Paraguai, grande parte desta bacia estende-se pela planície do Pantanal Mato-Grossense. A navegação nessa bacia tem grande importância para integração com países como o Paraguai e a Argentina.Bacia do rio Parnaíba: localizada na região nordeste, possui, aproximadamente, 340 mil quilômetros quadrados de extensão e tem como rio principal o rio Parnaíba que recebe as águas de diversos afluentes.
Bacia do Araguaia-Tocantins: localizada nas regiões central e norte do Brasil, nos estados de Tocantins, Goiás, Pará e Mato Grosso do Sul.Seus dois rios principais são o Araguaia e o Tocantins.
Bacia do rio São Francisco: importantíssima pela localização, por estar em grande parte em território nordestino, onde fazem dele múltiplos usos: navegação, irrigação, produção de energia. Sua área aproximadamente é de 650 mil quilômetros quadrados de extensão, alguns de seus afluentes são: rios Pardo, Ariranha, Grande e das Velhas.
Bacia do rio Uruguai: localizada na região sul do Brasil se estende também pelo território do Uruguai. Sua área é de cerca de 180 mil quilômetros quadrados de extensão.Bacia do rio Paraíba do Sul: localizada na região sudeste, na área que mais concentra população no Brasil, entre os estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Possui em torno de 300 mil quilômetros quadrados, seu principal rio é o Paraíba do Sul.
Climas do Brasil.
A radiação solar em contato com a atmosfera terrestre em conjunto com a esfericidade da Terra e demais fatores como oceanos, relevos, vegetação, etc.; produz os diferentes tipos de clima. No Brasil, todos esses fatores estão presentes, o país possui grande extensão latitudinal, mas como já vimos, a maior parte do território está em região tropical, o que faz o clima tropical ser predominante no Brasil.
Clima Subtropical: presente nos estados do sul do Brasil, extremo sul dos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, boa parte do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, toda faixa de terra ao sul do trópico de Capricórnio. Esse clima apresenta regularidade nas distribuições das chuvas e possui uma das maiores amplitudes térmicas do Brasil.
Clima Semi-árido: é o clima mais seco do Brasil, ocorre principalmente no sertão nordestino, caracteriza-se pelas irregularidades nas precipitações o índice anual é em torno de 300 a 800 mm.
Clima Equatorial: localiza-se principalmente na região da Amazônia. Suas temperaturas são elevadas durante quase todo o ano. Chove em grande quantidade, com índice pluviométrico acima de 2500 mm anuais.
Clima Tropical. Ocorre na maior parte do Brasil e possui sub-divisões.
Esse tipo de clima tem suas características modificadas dependendo da região do Brasil. No Brasil central é chamado de clima tropical típico com estações bem distintas com inverno seco e verões úmidos. Nas costas brasileiras, principalmente no sudeste pode ser chamado de clima tropical litorâneo, chove com mais regularidade e as temperaturas são elevadas o ano inteiro. Em partes do sudeste ocorre uma derivação de clima tropical chamado tropical de altitude, nesse clima é nítida a influência de massas de ar vindas do sul que provocam quedas na temperatura.
Relevo.
Das classificações do relevo brasileiro a mais atual e mais usada ultimamente é a do geógrafo Jurandyr Ross da USP.
No Brasil as estruturas de relevo (composição das rochas terrestres) são antigas e as formas de relevo (parte mais superficial das estruturas) são mais recentes. As estruturas de relevo são formadas pelas forças internas do planeta (forças endógenas) enquanto as formas de relevo são esculpidas pelas forças externas (exógenas) com ação da água, ventos, temperatura, etc. Lembramos que sempre há uma relação entre essas duas forças.
As formas de relevo no Brasil são Planalto, Planícies e Depressões que estão assentadas nas estruturas conhecidas como bacias sedimentares, 64% do território e escudos cristalinos 36% dos território.
Planaltos: áreas onde o processo de erosão superam os de deposição, neles ocorrem superfícies irregulares como serras, morros e chapadas em alguns pontos com altitudes superiores a 300 mts.
Planícies: áreas onde a deposição de sedimentos predomina sobre os processos erosivos, geralmente são regiões aplainadas com pouca altitude.
Depressões: nelas os processos erosivos também são predominantes, normalmente são superfícies aplainadas geradas, em grande parte, pela erosão de massas rochosas menos resistentes. No Brasil costumam circular os planaltos, sendo assim uma região mais baixo que o seu redor.
Série Geografia do Brasil II. Caracterização Política do Brasil.

6 comentários:

  1. Obrigada pelo conteúdo. Sou acadêmica de Geografia - UFMS-CPAN. apresentarei uma mini-aula para a disciplina práticas de ensino, e é sobre Biosfera: os grandes ecossistemas da superficie terrestre. E seu conteudo contribui com minha busca.
    Boas aulas e a luta continua...

    ResponderExcluir
  2. muito obrigado professor pelo conteudo do blog sou estudante das escola tecnica da minha cidade Jau/SP e o conteudo me ajudou a estudar pra uma avalição alias as avaliações dos meus professores de geografia são sempre as mais fodas.... pelo amor em
    kkkkkk
    abrços e boa sorte sempre.

    ResponderExcluir
  3. Ah, muito obrigado por ter feito esse blog. haha
    Muito bom o assunto me ajudou muito nas avaliações, o blog já está nos meus favoritos.
    Parabéns pelo trabalho!

    ResponderExcluir
  4. Adorei amanhã voo fazer uma prova sebendo de tudo.
    Obrigada. :D

    ResponderExcluir
  5. aprendi muito obrigado

    ResponderExcluir
  6. me ajudou muito. obrigado!!!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não encontrou o que queria? Pesquise na web.

Pesquisa personalizada