quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Shopping - centers

Os shopping-centers vêm dominando o cenário das médias e grandeS cidades do Brasil, além de centro de compra tornaram-se centros de lazer e entretenimento. Talvez, o templo do consumo do mundo moderno.
Em 1975, em pesquisa de Silvana Pintaudi (apud SANTOS,Milton; SILVEIRA, María Laura, 2005. p.152) havia sete shopping-centers no Brasil dos quais quatro estavam no estado de São Paulo. Depois de uma década o número havia aumentado para 35, entre meados da década de 1980 e final de 1990, os shopping-centers aumentaram seu número em cinco vezes despontando não somente como uma rede de consumo de produtos e serviços, mas movimentando toda uma cadeia de investimentos imobiliários que modifica, valoriza e atraí investimentos para o local onde se instalam.
No Brasil são 391 shopping-centes que empregam 720.890 pessoas, disponibilizam 646.831 vagas em estacionamentos, possuem 63.470 lojas satélites e têm 2.200 salas de cinema. Tudo isso com um faturamento de 64,6 bilhões de reais.
Como podemos notar no gráfico, a região Sudeste é a que mais concentra os shoppings, com 55%, seguida da região Sul com 19%, nordeste com 14%, Centro-Oeste com 9% e por fim o Norte com 3% apenas.
Na região Sudeste o estado de São Paulo é o que concentra o maior número de shoppings com 131 unidades, seguido de Rio de Janeiro com 50 shoppings e Rio Grande do Sul com 31 shoppings.
Quanto falamos em cidade é a capital do estado de São Paulo que lidera.
As 10 cidades que concentram o maior número de Shopping-centers no Brasil.
1ª São Paulo - 49;
2ª Rio de Janeiro - 31;
3ª Belo Horizonte - 16;
4ª Porto Alegre - 16;
5ª Curitiba - 13;
6ª Brasília - 12;
7ª Salvador - 10;
8ª Goiânia - 8;
9ª Fortaleza - 8;
10ª Manaus - 6.
Fonte: ABRASCE
Fontes:
SANTOS,Milton; SILVEIRA, María Laura. O Brasil: território e sociedade no século XXI. 7ed. Rio de Janeiro, 2005. p.152.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não encontrou o que queria? Pesquise na web.

Pesquisa personalizada