segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

As doutrinas do poderio dos Estados Unidos


A história dos Estados Unidos da América reflete uma trajetória que culmina com seu poderio econômico e bélico atual. De treze colônias esquecidas no séculos XVI, XVII e XVIII, passou, já nas primeiras décadas do século XX, a potência e após a segunda guerra mundial a uma superpotência. Posição mantida até hoje.
Algumas doutrinas, posicionamentos intelectuais, filosóficos e até religiosos colaboraram para esse sucesso. Vejamos os principais.
O Iluminismo.
Esse movimento filosófico contribuiu com ideias de relevante importância para a política e a economia dos EUA. O Iluminismo prega, dentre outras coisas, a democracia, o liberalismo econômico, liberdade de culto e de pensamento. A independência dos EUA foi feita sob a égide desses pensamentos.
O Destino Manifesto.
Logo depois da independência os EUA desenvolveram a ideia do Destino Manifesto, a qual os colocava como eleitos por Deus para levar o "progresso" e a "civilização"a outros povos. Em meados do século XIX, essa doutrina deu embasamento às expansões territoriais para oeste, onde milhares de índios e mexicanos foram mortos.
O Liberalismo Econômico.
Apesar de estar no contexto do Iluminismo, o Liberalismo Econômico merece atenção especial. Ele contribuiu por demais com a industrialização dos EUA, de modo que em meados do século XIX, o país já se despontava como a quinta nação do mundo em produção industrial o que acontecia de fato é que os EUA pregava o liberalismo mas dentro do próprio país havia grande concentração de monopólios e trustes. Uma época em que se desenvolveram grandes grupos empresariais nos EUA, alguns que permanecem até os dias de hoje.
Doutrina Monroe.
Essa doutrina pregava que a América teria que ser para os americanos, para os EUA qualquer intrusão das potências européias na América seria visto como um ato de agressão. A Doutrina Monroe colaborou para o início da hegemonia estadunidense em toda América.
O Protestantismo.
Em especial o Puritanismo, uma ideia defendida por Max Weber no famoso livro A ética protestante e o espirito do capitalismo. Segundo ele, para um protestante acumular dinheiro, ter lucro e aproveitá-lo para um propósito próprio era sinal de ser eleito por Deus, ou seja, era um merecimento.
Fontes:
ADAS, Melhen. Geografia da América: aspectos físicos e sociais. São Paulo: Moderna, 1982.
MOREIRA, João Carlos; SENE, Eustáquio. Geografia. São Paulo: Scipione.
História Mais
História do Mundo

9 comentários:

  1. muito bom ajudou mto !!!!

    ResponderExcluir
  2. é pra nota ta tudo serto

    ResponderExcluir
  3. tem pouca informacao sobre as doutrinas do poderio dos estados unidos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo menos ele te ajudou Lixin ;*

      Excluir
    2. Quer escreve um livro ?

      Excluir
  4. Me ajudou mt.
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  5. muito bom!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Deu pra tirar um 5 na pesquisa rsrsrs'
    Mais vllew *---*

    ResponderExcluir
  7. eu queria saber o que é, importancia, caracterizar fatos, situaçoes, fenomenos e lugares representativos !

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não encontrou o que queria? Pesquise na web.

Pesquisa personalizada