terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Gênese geoeconômica do território brasileiro - notas introdutórias.

A formação geoeconômica do Brasil está ligada ao processo de colonização iniciado no século XVI e que perdurou até o século XIX. Foi a chamada economia colonial que deu os primeiros contornos geoeconômicos no Brasil, devemos entender que a chamada economia colonial não se restringe ao período em que o Brasil foi colônia portuguesa, mas prolonga-se até meados do século XIX, visto que a principal característica dessa economia era as relações escravagistas de produção.
Toda dinâmica econômica que envolveu o território brasileiro produziu espaços que normalmente são chamados de "arquipélagos econômicos". Francisco Capuano Scarlato, em Geografia do Brasil, nos dá o um parecer que será de suma importância para nos proporcionar um melhor entendimento, transcrevemos abaixo, acompanhem:
"Da época colonial as vésperas da Segunda Guerra mundial, a importância de cada região era dada pelo valor das exportações dos nossos produtos primários. As oscilações nas exportações, tanto em produtos como em valores, acabaram acarretando um processo de descontinuidade no crescimento e, consequentemente, na importância de cada região. Vale lembrar os diferentes períodos da nossa economia: a fase da cana-de-açúcar (Nordeste), do ouro (Minas), do café (São Paulo), da borracha (Amazonas) etc. Cada um desses produtos, ao mesmo tempo que produziu a grandeza, gerou a estagnação da maioria das regiões onde eram produzidos. " (SCARLATO, Francisco Capuano. In: ROSS, (org), 1998. p.340)
Ainda Scarlato nos diz que o café foi uma exceção, pois que conseguiu criar mecanismos socioeconômicos e fez com que sua importância permanecesse e provocasse condições para industrialização no sudeste do Brasil. O que colocou esta região numa posição econômica privilegiado no contexto do Brasil.
Referências:
ROSS, Jurandyr L. (org.) Geografia do Brasil. São Paulo: Edusp, 1998.
São Paulo (Estado) Secretaria da Educação. Caderno do professor: geografia, ensino médio.2ª série, vol. 1. Secretaria da Educação; coordenação geral, Maria Inês Fini equipe, Angela Corrêa da Silva, Jaime Tadeu Oliva, Raul Borges Guimarães, Regina Araujo, Sérgio Adas. São Paulo: SEE, 2009. (inclusive mapas)
Os mapas abaixo nos dão uma visão mais abrangente de como se estabeleceu o processo de formação econômica do Brasil. Clique neles para ampliá-los.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não encontrou o que queria? Pesquise na web.

Pesquisa personalizada