domingo, 16 de maio de 2010

Turismo regional no estado de São Paulo.


O estado de São Paulo oferece interessantes destinos turísticos às vezes pouco conhecidos. A fisiografia do estado permite uma grande variedade de turismo, pois que é possível praticar de praias, turismo rural, turismo de negócio, turismo náutico, turismo de aventura, turismo cultural, etc.
A aptidão turística de determinada região vai além da fisiografia, ou seja, do substrato e das características naturais, essas são apenas uma parte. Investimentos em infraestrutura, facilidade de acesso e profissionais capacitados completam as necessidades. Fator de grande relevância é o marketing de determinada região, os investimentos em propagandas e um sério estudo capaz de identificar o potencial turístico e sobretudo, dar publicidade a eles são de suma importância.
Um estudo feito pela Secretaria Estadual de Turismo de São Paulo regionalizou o estado em oito regiões, divulgando suas principais característi e atrativos. Um trabalho de conscientização também foi realizado com a intenção de divulgar a importância do engajamento de todos os setores nas atividades turísticas. Para cada região foi criado Conselhos Regionais de Turismo, órgão que aglutinam os Conselhos Municipais para que possa ser discutidas as políticas locais.
A iniciativa é interessante, talvez o maior mérito é nos mostrar que, não raro, temos opições de turismos mais próximo que imaginamos.
As principais características das oito regiões seguem abaixo:

"Capital Expandida.
[...] turismo de negócio e eventos, além de agregar valores como ecoturismo, prática de aventura, casario arquitetônico e artesanato;
Vertente Oceânica Sul.
Cenário natural: ecoturismo, turismo de aventura - corredeiras, cachoeiras, cavernas - , patrimônio cultural e estância balneárias;
Vertente Oceânica Norte.
Vale histórico, montanhas, praias, tradição caiçara e cultura caipira presentes em festas populres e culinária [...] esporte de aventura, ecoturismo, turismo religioso e rural;
Estradas e Bandeiras.
Estradas de boa qualidade que levam às cavalgadas, práticas de aventura, ecoturismo, águas minerais, rodeios, frutas, centros técnicos e de pesquisa [...];
Centro-Norte Paulista.
Roteiros de seguimento cultural, rural, de negócios, náutico, de aventura, religioso, artesanato e arte [...];
Centro-Oeste Paulista.
Os rios Tietê e Paraná são propícios às práticas de pesca, náutica e banhosem incontáveis prainhas. O rio Aguapeí permite a prática d esportes de aventura, como a canoagem. Acrescentem-se a isso destinos de compra e de cultura italiana;
Entre Rios.
Tanto termas quanto fluviais, o que não falta é água nessa região formada pelos rios Paraná, Tietê e Grande. Atividades de pesca, esportes náuticos, áreas de lazer, centro de estudos e pesquisa, compras, além de circuitos culturais [...];
Cuesta - Alto Paranapanema.
Em cenário natural de exuberante beleza, abriga grande concentração de cavernas de um lado. De outro, a cuesta- paredão de rocha - com muitos mirantes. Há ainda locais históricos, culinarios dos tropeiros, paraquedismo e agronegócio."

Fonte:
Sirlaine Aiala. Diário Oficial do Estado de São Paulo. Seção II, 4 maio de 2006 (inclusive mapa).
Sugestões de leituras:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não encontrou o que queria? Pesquise na web.

Pesquisa personalizada