quinta-feira, 1 de julho de 2010

Matrizes culturais do Brasil.

Diz-se de matrizes culturais do Brasil a formação cultural de sua população que ocorreu através da miscigenação de vários grupos étnicos. A princípio o branco europeu, o índio e o negro e posteriormente, no século XIX, a entrada de migrantes principalmente europeus.
Esclarecimentos necessários.
O termo etnia refere-se a agrupamentos humanos com uma unidade cultural em comum, ou seja, possuem traços culturais que se assemelham: idiomas, costumes, maneiras de pensar, sentir e agir. Já o termo raça, muito usado no passado, passou por uma reavaliação. A biologia colocou esse termo em desuso, impróprio para se referir a seres humanos, visto que se constatou que não existem raças humanas e sim raça humana. Todos seres humanos pertencem a uma única raça.
As etnias que formaram a matriz cultural do Brasil.
Quando os portugueses chegaram aqui a terra estava totalmente povoada por pessoas as quais foram denominadas de índios. Eram vários grupos étnicos que possuiam semelhança e diferenças culturais, mas foram todos considerados índios. A primeira miscigenação que ocorreu foi com o branco europeu e os índios do Brasil.
Para Portugal tornar o Brasil produtivo usou primeiramente o trabalho indígena, o qual não se mostrou tão interessante visto que: "Os indígenas brasileiros, vivendo no estágio da comunidade primitiva, desconheciam a escravidão. Ou devoravem os prisioneiros de guerra ou assimilavam-no à tribo."(1. pp. 44-45). A solução foi trazer os negros, os quais Portugal já conhecia da costa africana. Esses passaram a ser escravizados no Brasil no início do ciclo da cana-de-açúcar. O negro, deslocado de sua terra e de sua cultura, foi o terceiro elemento da formação étnica do Brasil.
Do século XVI ao início do século XIX, a constituição étnica principal do Brasil foi o negro, o índio e o branco. No início do século XIX, várias mudanças estruturais fizeram com que a população do Brasil aumentasse. A vinda da família real, a necessidade de uma força armada e a grande necessidade de povoar o território figuram entre as principais mudanças.
"Formou-se então, a primeira corrente de colonos ou imigrantes portugueses vindos principalmente das ilhas dos Açores. Foram escolhidos, de preferência, grupos familiares [...]" (2. p.178). Que por sinal foi uma grande exceção na história do Brasil. Em meados do século XIX a necessidade de mão-de-obra para a lavoura do café traria muitos migrantes em situação extremamente difícil para trabalhar nas fazendas de café.
Por volta de 1850 -1930 chegaram ao Brasil migrantes de origem europeia e alguns asiáticos. O Brasil vinha sendo pressionado para acabar com a escravidão e o europeu atenderia a necessidade de mão-de-obra e ao mesmo tempo promoveria um certo "embranquecimento" do povo brasileiro.
Durante esses oitenta anos grande levas de portugueses, espanhóis e italianos entram no país. Também chegaram alemães, libaneses e japoneses. Todos contribuiram muito com a formação cultural do Brasil, pois na nova terra manifestavam seus constumes e suas crenças, influenciaram e foram influenciados. Nossa música, nosso idioma, nossas festas populares, nossas crenças tiveram influências significativas desses povos que aqui se fixaram.
A partir de 1930 a migração para o Brasil declinou, na segunda guerra mundial o nível de migrantes para o Brasil se reduziu ao máximo, para depois, entre 1949 e 1953, ter um sútil aumento nas taxas de migração, mas ainda pouco significativas.
Fluxo de migrantes da Europa para a América. Notem que o sudeste e sul do Brasil, Argentina e Uruguai receberam um significativo número de migrantes europeus.
Fluxo de migrantes negros e árabes que sairam da África e vieram para a América. Praticamente todo litoral do Brasil, a América Central (insular e continental) e o sul dos Estados Unidos receberam muitos migrantes. Notem a predominância dos negros.
Referências:
[2] MELHEM, Adas. Geografia da América: aspectos físicos e sociais. São Paulo: Moderna, 1982.
[1] CÁCERES, Florival. História da América. São Paulo: Moderna, 1980.
DURAND, Marie-Françoise [et al.]. Atlas da mundialização: compreender o espaço mundial contemporâneo [trad. Carlos Roberto Sanchez Milani] São Paulo: Saraiva, 2009. (inclusive imagens).

27 comentários:

  1. Oi professor,

    Esqueceu de dizer que os índios não eram interessantes para os colonizadores por uma simples questão; eles conheciam muito bem a terra onde viviam, ou seja, assim que conseguiam fugir simplesmente sumiam na mata. Local este inóspito, tanto para portugueses quanto para espanhóis.

    Um outro porém, o termo migrante é comumente usado para povos ou animais que fazem um trajeto com certa frequência, e não para aqueles que rumam uma só vez. E mesmo que tais povos estrangeiros venham a migrar, assim que chegam num país, tornam-se imigrantes, ou seja, portugueses, espanhóis, holandeses, japoneses ou quem mais for, são imigrantes, pois eles vieram com a intenção de ficar.

    Tais imigrantes que vieram trabalhar nas lavouras de café, ainda no século XIX, foram os italianos, pois estes estavam realmente sem condições financeiras adequadas para continuarem em seu país. Mas é isso. Tal trabalho de divulgação que fez sobre nossa história, ainda que muito resumida, é interessante.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Olá Mário! Perfeitas observações. A questão do índio eu realmente já havia lido. O termo migrante, você tem razão, eu deveria ter usado imigrantes. Você se fundamentou bem, eu havia pensado que muitos que vieram para o Brasil queria voltar, mas esqueci que as condições econômicas não possibilitavam isso. Daí, o melhor uso do termo imigrante.
    Obrigado pela dica. Não vou mudar. Deixarei seu comentário como um complemento.

    ResponderExcluir
  3. Olá! Gostaria de saber porque há mais brancos no sul do país e negros da região nordeste... E qual a diferença entre a migração africana e a migração européia? Obrigada! =)

    ResponderExcluir
  4. De modo geral, os negros foram trazidos em maior quantidade para o sudeste e para o nordeste do Brasil, onde havia maior número de latifúndios utilizando mão-de-obra escrava. No sul do país, em grande parte, houve uma colonização com base familiar, ou seja, muitas famílias chegaram ali e se fixaram em médias e pequenas propriedades utilizando pouca mão-de-obra escrava e com intuito político de defender e colonizar o território.
    Quanto às diferenças de migração africana e europeia; os africanos foram tirados do continente para serem escravos, já os europeus vieram para o Brasil incentivados por uma política que visava atrair imigrantes.
    Sugiro que leia mais sobre a ocupação da região sul pelos açoreanos no artigo online abaixo:
    http://www.seer.furg.br/ojs/index.php/biblos/article/viewFile/421/105

    ResponderExcluir
  5. Olá Professor, gostaria que você postasse mais um pouco sobre as matrizes falando um pouco sobre a Discriminação e o Preconceito relacionado ao tema, tenho um trabalho urgentíssimo, e queria sua ajuda!

    Beijos, obrigado D:

    ResponderExcluir
  6. Há um post mais recente que fala sobre o preconceito e do racismo. Vê se é o que você precisa. Eis o link:
    http://wwwblogdoprofalexandre.blogspot.com/2010/08/racismo-e-preconceito-uma-analise-sobre.html

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. ola sou uma luna de geografia....
    precisava de algo sobre consequencias e causa do movimento migratorio da america do sul..
    se puder me ajudar ficcarei grata
    meu email:bia_anitta@hotmail.com

    ResponderExcluir
  9. disse...

    Esse disse pegou hein? HAHA

    Apenas passei para elogiar o conteúdo, é de uma forma simples e de fácil compreenção. Para quem procura trabalhos escolares sobre assunto, assim como eu, tenho certeza que tirou conclusõs desta página.

    Obrigada

    ResponderExcluir
  10. oie
    ?prof.. qual a organizacao cultural e social da matriz africana?

    ResponderExcluir
  11. Olá caro comentarista!
    Quando dizemos da matriz cultural africana, referimo-nos aqueles povos que foram trazidos da África para o Brasil e aqui sofreram influências de outras culturas e, por sua vez, também exerceram suas influências.
    Dessa forma, a organização cultural e social da matriz africana no Brasil sofreu influências dos brancos e dos índios, havendo, assim, uma miscigenação entre os povos, suas culturas e suas organizações sociais. Vale lembrar que os povos africanos que vieram para o Brasil foram principalmente os bantos e sudaneses, a África possui muitos povos com grande diversidade de organização cultural e social. Quando chegaram ao Brasil, muitos desses traços culturais foram mantidos mas sofreram influências locais, de outros povos.
    Se quiser saber mais sobre os povos da África recomendo o link: http://www.emdiv.com.br/pt/mundo/povosetradicoes/253-populacoes-africanas.html
    Com altas considerações, Alexandre de Freitas.

    ResponderExcluir
  12. ola
    eu precisava urgentemente a resposta de duas perguntas e eu gostaria q o professor me ajudasse:
    quem veio, quando vieram e porque vieram?
    e como estao atualmente?
    abraço espero q possam me ajudar

    ResponderExcluir
  13. As perguntas estão pouco especificadas. Em todo caso, se eu entendi, vamos a elas:
    Pelo fato de o índio já estar aqui, veio a primeira onda de europeu, em especial os portugueses que "descobriram" o Brasil. Depois trouxeram os negros que se concentram especialmente no nordeste e no sudeste. Posteriormente (final do séc. XIX e início do séc. XX) vieram muitos europeus, com destaque para os italianos, espanhóis e portugueses. Mas tembém alemães, japoneses e libaneses. Esses europeus se concentraram principalmente no sudeste e no sul.

    ResponderExcluir
  14. vlw prof se é d + mi deu mó ajuda eem meu trabalho brigadao by jhenny

    ResponderExcluir
  15. Olá professor,queria muito que você falasse um pouco sobre os elementos principais elementos culturais de cada grupo etnico que compõem as matrizes brasileiras.

    ResponderExcluir
  16. Professor preciso montar esse trabalho.De Matrizes Culturais do Brasil.Ajude-me dividir onde fica cada um Introdução,desenvolvimento,e conclusão.Obrigada!

    ResponderExcluir
  17. Oi Mjaisa! Veja bem, cuidado para não confundir esse posto com um trabalho. O conteúdo desste blo vai apenas te auxiliar na execução do trabalho.
    Mjaisa, normalmente é o professor da disciplina que defini como quer a estrutura do trabalho. Mas aí vai uma dica.
    Acesse esse link abaixo e baixe um modelo de trabalho escolar
    https://sites.google.com/site/nascidoem1972/modelo-de-trabalho-escolar

    ResponderExcluir
  18. oi parabens pelo blog me ajudo muito vou tirar um dez

    ResponderExcluir
  19. oi me ajuda a fazer uma concrusão sobre matrizes cuturais do brasil

    ResponderExcluir
  20. oi eu queria saber sobre traços culturais ao povo branco europeu no brasil

    ResponderExcluir
  21. Porque o indio foi considerado improprio para o trabalhador ?

    ResponderExcluir
  22. oi...eu sou um dos varios alunos que você tem... te admiro muito com suas explicações... mais eu gostaria que você fosse um pouco mais atencioso com aqueles que precisam de ajuda... obrigado pela atenção...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado aluno, agradeço muito a dica. Peço sinceras desculpas por uma possível falta de atenção. Não para me justificar, mas todo ano eu lido com uma média de 600 alunos por semana, às vezes, essa quantidade se perde no "anonimato". Mas, no meu íntimo, sempre tento pensar que estou lidando com pessoas que possuem anseios e sentimentos, mesmo assim, é quase impossível notar todo mundo.
      Prometo que ficarei mais atento. Vou me esforçar para dar mais atenção aos que necessitam.
      Um grande abraço.

      Excluir
  23. Professor por favor responda: A trajetória da minha vida20 de setembro de 2011 19:43
    Olá professor,queria muito que você falasse um pouco sobre os elementos principais elementos culturais de cada grupo etnico que compõem as matrizes brasileiras.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não encontrou o que queria? Pesquise na web.

Pesquisa personalizada