sexta-feira, 30 de julho de 2010

Relações entre Geografia e Astronomia.

Nebulosa Helix. Imagem: Blog da Astronomia.
Desde quando o homem surgiu a geografia e a astronomia possuem relações muito estreitas. A astrologia é uma ciência exata, lida com números e medições e a geografia é um ciência humana que tem por objeto de estudo o espaço.
Para se pensar em geografia temos que considerar as interações do homem sobre a natureza, o conhecimento desta, a configuração socioespacial imposta por nós e as modificações durante o tempo e no espaço.
Para se fazer as primeiras medições necessárias para calcular as distância e para se localizar no espaço o homem precisou usar a astronomia. "O mapeamento além da linha do horizonte só pode ser realizado apoiando-se nos astros: a elevação do Sol na passagem meridiana, a posição da Lua e das estrelas" (Revista Conhecimento prático - Geografia). Foram os astros que ajudaram nas grandes navegações que possibilitaram a expansão comercial no século XV, as práticas agrícolas tiveram, e de certo modo ainda têm, um contato muito estreito com a astronomia.
Teorias como a força da gravidade levando em consideração a força da Terra e da Lua possibilitaram a descoberta do cálculo integral e diferencial. E até as tecnologias que o homem desenvolveu para conhecer melhor os astros, como a corrida espacial (guerra fria), a atual estação epacial, novos países que tentar "ganhar" o espaço como China e Índia, etc. Produzem mudanças e agregam tecnologias que são usadas aqui na Terra. Geram empregos e direcionam pesquisas.
De certo modo e de uma forma um tanto quanto subjetiva, os astros também são responsáveis por atitudes religiosas, crenças e expressões como a astrologia todas com considerável influência na vida das pessoas.
Referências:
FÁVERO, Camila N. Revista Conhecimento prático - Geografia. Escala Educacional, ed. 27.
Sugestões de leituras:


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não encontrou o que queria? Pesquise na web.

Pesquisa personalizada