quarta-feira, 27 de outubro de 2010

As redes turísticas, o turismo e o consumo do espaço.


O turismo é uma atividade que vem crescendo a nível mundial, para a OMT (Organização Mundial do Turismo) órgão ligado à ONU, turismo é: "Movimento de pessoas a lugar diverso do qual habite por tempo inferior a 360 dias, desde que esta não realize atividades econômicas" (apud Revista Turismo)
Financiamento e parcelamento de passagens e meios de transportes mais baratos são tidos como algumas da principais causas para o aumento das atividades turísticas. Essas atividades promovem um mudança substancial em determinados espaços, sejam aquele cuja tendência turística é natural (uma praia por exemplo) ou outras formas de turismos cujo ser humano as adaptou para tal fim. De todo modo, são muitos os investimentos e os empregos que a chamada indústria do turismo traz para determinadas sociedades. Para o Ministério do Turimo:
"A importância da atividade turística como indutora do desenvolvimento depende não somente da existência dos recursos naturais e culturais, mas de uma ação de planejamento e gestão eficaz e integrada entre o poder público e a iniciativa privada. Tendo como base a ciência e a tecnologia, que agregam valor real e contínuo, é preciso incorporar um conjunto de ações estruturadoras que elevem o nível de atratividade e competitividade desses recursos, de modo a transformá-los, efetivamente, em produtos turísticos."
As atividades consideradas turísticas se distinguem daquelas consideradas lazer em alguns aspectos, apesar de terem algumas coisas em comum. O uso de tempo livre sob domínio de quem usufrui é considerado ao mesmo tempo turismo e lazer. Assim como a recreação, diversão e passeios diversos. Porém, o tempo livre no cotidiano é apenas lazer, enquanto o tempo livre fora do cotidiano é turismo. Se alguns lugares apenas forem atração significa uma atividade de lazer, por outro lado, se todo o lugar for atração caracteriza turismo.
Essas observações nos fazem constatar que o turismo realmente está ligado à viagens, ou seja, um tempo fora do cotidiano onde podemos exercer domínio sobre ele.
Alguns tipos de turismo.
  • Hidroterapia: climatismo, alpinismo, esportes de inverno, esportes de verão, etc.;
  • Turismo cultural: lugares exóticos, santuários, visitas a parques ecológicos;
  • Turismo de negócios: quando a pessoa faz uma viagem a negócio e desfruta de equipamentos de lazer, pontos turísticos e acolhimento que uma cidade ou uma localidade venha a oferecer quem enfoque neste tipo de turimo (a cidade de São Paulo é um grande exemplo);
  • Turismo histórico: quando há monumentos, cidades ou demais características históricas em uma determinada região.
Há muitas outros tipos de turismo como por exemplo turismo médico, quando uma pessoa viaja para realizar procedimentos cirúrgicos ou voltados à saúde. Ou turismo científico, quando se pesquisa determinados lugares sejam naturais ou não.
Referências:
São Paulo (Estado) Secretaria da Educação. Caderno do professor: geografia, ensino fundamental. 8ª série, vol. 4. Maria Inês Fini (org). São Paulo: SEE, 2008.
Crédito da imagem - www.tvnetribeirao.com/

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não encontrou o que queria? Pesquise na web.

Pesquisa personalizada