terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Grandes aglomerações urbanas no mundo (1975-2003) - análise de mapa.

Mapa representado a evolução das grandes aglomerações urbanas entre 1975 e 2003. (clique em cima para vê-lo ampliado).

Um mapa nos oferece vários elementos que atuam como facilitadores de sua leitura e análise. Primeiramente o título do mapa é essencial para nos posicionar quanto ao assunto que será tratado em determinada representação. Vamos ao caso deste mapa que vemos acima.
Ele evidencia a evolução das aglomerações urbanas com mais de 2 milhões de habitentes entre os anos de 1975 e 2003. Como podemos entende melhor essa evolução?
As legendas, neste caso, tornam-se muito importantes. Os círculos representam a totalidade aproximada de habitantes, claro que não dá para se ter números exatos, não é essa a proposta do mapa. Então, quanto maior o círculo maior o número de habitantes.
Outra leganda essecial para ler esse mapa é o quadro de cores que se encontra à direita na parte superior. Existem retângulos com cores que vão do vermelho ao amarelo, o vermelho reprenta o máximo de evolução no perídodo (1975-2003) e o amarelo representa o mínimo. Além dessas cores, temos um retângulo azul claro, ele representa a diminuição populacional.
No mapa analisado não notamos escala e nem o Continente Antártico, não dá para se considerar um erro. A mensagem que o mapa quis transmitir foi tranmitida, esses elementos talvez melhorariam o mapa, mas sua ausência não compromete a leitura.
Conclusão.
As maiores aglomerações urbanas estão, respectivamente: na Ásia, em especial Japão, China e Índia; no nordeste dos Estados Unidos; no sudeste do Brasil e, com um certo destaque em locais onde não ocorre aglomeração, cidades da Europa Ocidental (Londres, Paris), Cidade do México (no México), Cairo (Egito), Lagos (Nigéria), Moscou (Rússia) e Buenos Aires (Argentina).
Quanto à evolução, notamos que as cidades da Ásia, em especial na Índia e no Sudeste Asiático, África e America Latina, tiveram as maiores evoluções. Enquando cidades da Europa tiveram pouca evolução e algumas regrediram.
Referência:
São Paulo (Estado Secretaria da Educação. Caderno do professor: geografia, ensino médio - 1ª série, vol. 1. (coord. Maria Inês Fini) São Paulo: SEE, 2009. (inclusive mapa)
Assuntos relacionados e complementares:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não encontrou o que queria? Pesquise na web.

Pesquisa personalizada