sábado, 29 de janeiro de 2011

Turbulências nos países árabes-islâmicos. Os protestos que reivindicam mudanças.

Os países que podemos chamar de árabes-islâmicos são aqueles localizados principalmente no Oriente Médio e Norte da África. São países de população majoritariamente árabe que professam o Islamismo.
Esses países são de formação recente, surgiram basicamente após a primeira guerra mundial com o desmantelamento do império franco-britânico na região ao qual nos referimos. Uma de suas características em comum consiste em serem governados por governos "autoritários" tipo monarquicos. Esses governantes estão há décadas no poder, alguns são bons aliados dos países ocidentais, como o Egito por exemplo.
O agravo na situação socioeconômica nesses países vem provocando uma onda de protestos. As reivindicações deram início na Tunísia, onde o governo foi substituído. Agora se expalham por vários países com características semelhantes na região. Veja no mapa a localização desses países.
Tomando o Egito como base, o país com a maior população do mundo árabe-islâmico, dos seus 80 milhões de habitantes cerca de dois terços são de jovens com menos de 30 anos. Em torno de 90% desses jovens estão desempregados e 40% da população vive com menos de US$ 2 por dia. O dinheiro local do Egito (libra egípcia) vale menos de 20 centavos de dólar.
A economia dos países é baseada no turismo, na agricultura, em especial algodão e na exportação de hidrocarbonetos, mas os resultados econômicos não estão refletindo em melhoras sociais.
Talvez duas coisas sejam essenciais para a ocorrência dessa onda de protestos (além da situação socioeconômica): 1. a força dos jovens que querem promover melhoras sociais. 2. a importância dos novos meios de comunicação que atuam com meios de divulgar informações que escapam do controle das mídias tradicionais e possibilitam o agrupamento e organização de grupos de pessoas.
Referências:
Folha de São Paulo, Mundo A-19, 29 jan. 2011 (inclusive mapa).
Historianet.    

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não encontrou o que queria? Pesquise na web.

Pesquisa personalizada