quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Um comércio tripolar - os grandes polos comerciais da atualidade.

O mapa acima evidencia um mundo multipolar onde se destacam três grandes polos de comércio. Trata-se da Ásia e Oceania (especialmente China, Japão e Coreia do Sul), União Européia e América do Norte (especialmente EUA e Canadá).
Essas localidades mantêm um grande fluxo comercial entre elas, pois são centros de grande produção e ali estão as sedes da maior parte das multinacionais do mundo. Percebe-se um grande círculo em cima da Europa de onde saem e chegam grande quantidade de mercadorias.
No mundo se estabelece uma relação entre os países, pode se dizer que os países centrais (desenvolvidos, ricos) recebem dos países periféricos (subdesenvolvidos, pobres) matérias-primas naturais e agrícolas, bens manufaturados simples, trabalhadores não-qualificados e alguns bem formados. Já os países periféricos recebem dos países centrais manufaturas de alto valor, tecnologia, serviços sofisticados, quadros técnicos e turistas.
Os países de periferia também enviam pagamento de royaltes (valor pago pelo uso de marca ou patente) e juros de dívidas aos países centrais. Esse quadro, de modo geral, cria no mercado mundial uma certa hirarquia onde os países periféricos acabam ficando em situação de dependência e subordinação.
Referência:
São Paulo (Estado Secretaria da Educação. Caderno do professor: geografia, ensino fundamental - 8ª série, vol. 1. (coord. Maria Inês Fini) São Paulo: SEE, 2009. (inclusive mapa)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não encontrou o que queria? Pesquise na web.

Pesquisa personalizada