domingo, 31 de julho de 2011

Augusto dos Anjos, o nosso poeta expressionista.

O expressionismo foi um movimento que surgiu na Alemanha no início do século XX. Preocupava-se com as manifestações do mundo interior do artista, como o artista se expressava, como ele via o mundo.
O expressionismo desevolveu-se principalmente na pintura, um famoso quadro expressionista é o grito de Edward Munch.
Augusto dos Anjos pode ser considerado um poeta expressionista. Ou pelo menos sua poesia contém traços do expressionismo. Mais uma característica que o torna um poeta único no Brasil.  
Fiquem com:
Budismo Moderno.

Tome, Dr., esta tesoura, e … corte

Minha singularíssima pessoa.
Que importa a mim que a bicharia roa
Todo meu coração, depois da morte?!

Ah! Um urubu pousou na minha sorte!
Também, das diatomáceas da lagoa
A criptógama cápsula se esbroa
Ao contato de bronca destra forte!

Dissolva-se, portanto, minha vida
Igualmente a uma célula caída
Na aberração de um óvulo infecundo;

Mas o agregado abstrato
das saudades
Fique batendo nas perpétuasgrades
Do último verso que eu fizer no mundo!

By Augusto dos Anjos

Referência:
NICOLA, José de. Literatura Brasileira.São Paulo: Scipione,1998.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não encontrou o que queria? Pesquise na web.

Pesquisa personalizada