sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Sarkozy tem as ideias certas para fazer tudo errado.


O jornal O Estado de São Paulo em sua edição de 2 dez. 2012 – Economia B-9 “Sarkozy promete refundar a Europa” - revelou uma ideia retrógrada do político francês.
Bem que o título do artigo poderia ser mudado para: Sarkozy promete (re) afundar a Europa.
Sarkozy é explicito em afirmar um pensamento dos mais anti-globais que existem por aí. Diz que a “(...) UE vai exigir abertura dos mercados emergentes aos produtos europeus e que não aceitará a entrada massiva de produtos importados nem de imigrantes.” Pode parecer piada, mas não é. Em suma, o cara que entrar nos mercados externos e quer proteger o seu.
São pensamentos desse tipo que o terceiro milênio refuta veemente. Acontece que muitos dirigentes da UE ainda não perceberam isso. Tentam salvar o bloco com remédio antigo e ultrapassado, carregado de um neoliberalismo apto a acabar com o capitalismo retrógado.
O artigo também fala em cortes, arrochos, cumprimento de regra e sugere aumento de carga horária para trabalhadores. É uma volta ao passado. Sarkozy fala ainda em punir quem não cumprir as regras, ele não pensa em modificar as regras. Antes, quer que lógica seja invertida, ou seja, se algo não está dando certo temos que obrigá-los a aceitar.
Deveria pensar diferente, a ideia apropriada é entender o porquê que não esta dando certo. Tomar remédio ruim improfícuo é falta de sensatez.
Continue assim, Sarkozy, nós, aqui do mundo “subdesenvolvido”, lucraremos que suas inconsequências.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não encontrou o que queria? Pesquise na web.

Pesquisa personalizada