08 julho 2012

Aula sobre relevo.

RELEVO.
Relevo é o conjunto de formas que se apresentam na superfície da Terra, trata-se da fisionomia do crosta. Considera-se, também, o relevo submarino. 
O relevo terrestre é moldado por duas forças distintas e relacionadas - as força internas ou endógenas e as forças externas ou exógenas.
As forças internas têm origem no interior da Terra, são provocadas pelo calor interno no núcleo do planeta e demais fenômenos no manto. As externas são provocadas por agentes como: vento, temperatura, água, microorganismos e ser humano.

As forma de relevo.
As formas de relevo são:
Planaltos – áreas em que os processos de erosão superam os de deposição, normalmente são altas, entre 500 e 1500 mts. de altitude.
Planícies - áreas em que os processos de deposição superam os de erosão, normalmente são baixas.
Depressão – podem ser absolutas, áreas mais baixas do que o nível do mar; relativas, áreas mais baixas que o seu entorno.

ESTRUTURAS DE RELEVO (OU ESTRUTURAS GEOLÓGICAS)
As formas de relevo estão assentadas nas estruturas geológicas (ou de relevo). Temos as seguintes estruturas:
Bacias sedimentares – áreas de deposição que receberam sedimentos de áreas mais altas ao seu entorno, normalmente possuem reservas de combustíveis fósseis.
Escudos Cristalinos - áreas muito antigas onde predominam rochas magmáticas e metamórficas, normalmente se apresentam muito desgastadas. Compreendem as áreas mais antigas do planeta e são ricas em recuso minerais.
Dobramentos modernos - são terrenos recentes onde estão as grandes cadeias de montanha da atualidade. Himalaia, Andes, Alpes, Atlas são exemplos.

Agentes externos e internos que modificam o relevo.
A energia solar que atinge o planeta é a grande responsável pelo desencadeamento de fenômenos que provocam desgastes no relevo. Assim, enquanto as forças internas causam mudanças estruturais as externas causam mudanças esculturais. Se não houvesse as forças internas a Terra seria coberta totalmente por um oceano com aproximadamente 50 cm de profundidade, por outro lado se não houvesse as forças externas haveria altas montanhas que poderiam chegar a mais de 20 mil metros de altitude.

As forças internas e as placas tectônicas.
O núcleo do planeta Terra possui temperatura semelhante à superfície do Sol. Ele erradia calor para o manto e causa um fenômeno chamado ondas de convecção, essas ondas forçam a crosta terrestre fragmentando-a em pedaços e causando nelas movimentos. É a chamada tectônica da placas.
A movimentação das placas tectônicas causa vulcanismo, dobramentos e falhamentos na crosta terrestre, dentre outros fenômenos.

Questões.
1. No mapa a seguir, os espaços pontilhados e as áreas em branco identificam respectivamente:
a) clima tropical e subtropical
b) escudos cristalinos e bacias sedimentares ←
c) vegetação florestal e caatinga
d) bacias hidrográficas intermitentes e perenes
e) rochas sedimentares e vulcânicas.

2. Áreas de deposição que receberam sedimentos de áreas mais altas ao seu entorno, normalmente possuem reservas de combustíveis fósseis. Essas áreas são chamada de
a) Dobramentos modernos.
b) Escudos cristalinos.
c) Planaltos.
d) Depressões.
e) Bacias sedimentares. ←

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não encontrou o que queria? Pesquise na web.

Pesquisa personalizada