terça-feira, 15 de julho de 2014

A possessão francesa na América do Sul, Guiana Francesa.

Vista de Caiena, capital da Guiana Francesa. Foto: Mais Turismo.
A Guiana Francesa é um território ultramarino da França desde 1946, nove décimos de seu território é coberto por florestas e possui uma das menores densidades demográficas do mundo - são 160 mil habitantes distribuídos em 90 mil Km² - em torno de 2 hab. por Km².
Os primeiros habitantes  região, os índios arawaks e caribes, impuseram significativa resitência aos espanhóis que começaram a chegar à costa por volta do século XVI. No ano de 1604, os franceses dominaram a região, estabeleceram uma colônia que passou pelas mãos de holandeses, ingleses e portugueses. Depois, finalmente, ficou com os franceses.
No final do século XVIII a França intensificou a colonização enviando para a Guiana cerca de 3 mil colonos, a difícíl sobrevivência devido às doenças tropicais faziram  com que seus habitantes procurassem ilhas próximas à costa para habitarem.
A Guiana Francesa possui em algumas partes solo férteis e significativas reservas de bauxita e ouro. Planta-se produtos tropicais como cacau, banana e cana-de-açúcar. Porém, muitos alimentos são importados da França, o que aumenta o custo de vida. A Fraça mantém na localidade o Centro Nacional de Estudos Espaciais, onde trabalham mais de 1.500 pessoas de várias nacionalidades. Na base de Kouru já foram lançados em torno de 30 foguetes Ariane que colocaram satélites no espaço. A proximidade com a linha do Equador faz a Guina Francesa se tornar estratégica para a França, pois dali se torna mais fácil lançar foguetes. 
Movimentos de autonomia surgiram durante a década de 1970, porém o governo da França aumentou a paticipação des seus territórios ultramarinos na política o que, de certa forma, impediu maiores pretensões.     
É o menor território político-administrativo da América do Sul, seu relevo e montanhoso no interior e coberto por florestas tropicais, faz divisa com Suriname e Brasil. A população é majoritariamente mestiça, descendentes de escravos africanos e europeus, ainda há povos indígenas no interior como os tupi e caribes. Também se encontram minorias chinesas, indianas e francesas. Praticam a religião católica e o hinduísmo, o idioma oficial é o francês, mas fala-se o crioulo.
Dados.
Nome ofincial: Département d'Outre-Mer de la Guyane Française;
Cidades principais e suas populações (1990): Caiena, 41.667 hab.; Kouru, 13.873 hab.; Saint-Laurent-du-Maroni, 13.606 hab.

 


Referências:
Enciclopédia do mundo contemporâneo [trad. Jones de Freitas, Japiassu Brício, Renato Aguiar] 2ed. São Paulo: Publifolha/Rio de Janeiro: Terceiro Milênio, 2000.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não encontrou o que queria? Pesquise na web.

Pesquisa personalizada