segunda-feira, 7 de julho de 2014

Curiosidades e tradições. Os índios Hopi, EUA.

O povo Hopi é formado por um grupo de indígenas nativos americanos que atualmente vivem principalmente em uma reserva no nordeste do Arizona, EUA. Sua cultura é uma das que mais resistiram à influência da colonização.
O termo Hopi significa pequeno, humilde, bom, pacífico, e é uma forma abreviada do nome que esses povos chamam a si mesmos, Hopituh Shi-nu-mu, "O povo pacífico".
Sua tradição diz que quando foram criados possuiriam vida eterna e viveriam como um espiritualmente. Porém desobedeceram às leis desta vida e foram castigados com as doenças que os tornaram mortais. Afirmam que sua história provém de uma sucessão mundos que tiveram fim sempre que a humanidade se esquecia do plano de Maasaw, o zelador.
O Primeiro Mundo continha as primeiras pessoas e foi inicialmente um universo puro e feliz. Foi destruído pelo fogo. O Segundo Mundo foi destruído pelo gelo e o Povo Escolhido sobreviveu para iniciar o terceiro mundo. Por terem usado mal sua inteligência, o Terceiro Mundo foi destruído pelas enchentes, mas os puros foram salvos e flutuaram para terra firme, para o quarto mundo.
De acordo com os Hopis, a humanidade está no Quarto Mundo, que provou ser duro, com desertos, pântanos, montanhas e clima violento. Os Hopis dizem que este mundo está agora terminando, que o Quinto Mundo já começou e que no total serão sete mundos.
Eles falam de lutas através das selvas, de construções de cidades e de suas ruínas deixadas para trás por seus ancestrais, que migraram de muitos lugares e estabeleceram-se perto do Grand Canyon.
Para os Hopis, o povo tibetano é um irmão e que um dia se unirão. Uma nota interessante é que o Tibete é exatamente do lado oposto do planeta a partir da Reserva Hopi. Outro fator impressionante é que a palavra tibetana para "sol" é a palavra Hopi para "lua" e, a palavra Hopi para "sol", é a palavra tibetana para "lua".
O caminho dos Hopi é de paz. Tudo na vida diária é parte de sua religião e sua crença é ajudar outros a melhorar a sua vida.
A religião é vida para os Hopi e a maioria das cerimônias é relacionada às chuvas. A instrução na religião Hopi começa cedo e as crianças recebem bonecos, os Kachinas, que não servem só para brincar, mas para se lembrarem de seus mestres, que dizem ter vindo das estrelas. 
Tradicionalmente, os Hopis são organizados em clãs matrilineares. Quando um homem se casa, os filhos da relação são membros do clã de sua mulher, no entanto são as mulheres do clã do pai que escolhem seus nomes no vigésimo dia após o nascimento. Dos nomes presenteados ao bebê, os pais escolhem qual destes será utilizado.
Os Hopis sempre viram a sua terra como sagrada, tornando a agricultura algo muito importante, o milho é o principal cultivo, possuindo mais de 24 variedades. Cultivam ainda com sucesso feijão, abóbora e diversas frutas em uma paisagem que parece inóspita para a agricultura. As peças de cerâmica são importantes em seu artesanato e também são ótimos tecelões e ourives.
As lendas e ensinamentos dos Hopis se relacionam com importantes eventos que datam de épocas muito antigas, marcando sua cultura como uma das mais antigas da história documentada. É um povo profundamente religioso que vive pela ética de paz e boa vontade.
Fonte:
Matéria publicada na EmDiv Magazine Kindle Edition - Agosto 2011
Para assinar a edição Amazon Kindle acesse a Kindle Store:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não encontrou o que queria? Pesquise na web.

Pesquisa personalizada