terça-feira, 12 de agosto de 2014

O Magreb.

Imagem: http://eo.wikilingue.com/es/Magreb
Existem várias possibilidades de dividir e subdividir o Continente Africano. Uma divisão muito usada e que tem por base os fatores étnicos culturais é a divisão em África do Norte (ou Branca) e África Subsaariana (ou Negra). A África do Norte suporta algumas subdivisões, dentre elas, o Magreb.
O Magreb localiza-se na porção oeste do norte do continente, a palavra significa "onde o Sol se põe" é formada por Marrocos, Argélia, Tunísia Saara Ocidental e Mauritânia. Podendo se expandir até a Líbia, no chamado grande Magreb.
O cordilheira do Atlas dá características fisiográficas que diferenciam essa região do restante da África do Norte. Os ventos do Atlântico ao encontrarem a cordilheira provoca uma precipitação regular, tornando o clima mediterrâneo na porção norte. Na faixa litorânea, entre a cordilheira do Atlas, o mar Mediterrâneo e o oceano Atlântico, estão as principais cidades da região e ali se realizam a maioria das práticas agrícolas, com destaque para cultivo das oliveiras e das videiras.
A região foi ocupada por vários povos desde a antiguidade; cartagineses, romanos, vândalos, bérberes e europeus modernos estão entre eles. O domínio dos povos árabes, que se miscigenaram com os bérberes, dão traços culturas islâmicos para a região.
O Magreb possui um forte comércio com a Europa. Em torno de 48 bilhões de dólares é a quantia de exportações para a Europa Ocidental, cifra bem menor para a América do norte, 10 bilhões, as exportações para os Estados do Golfo são de 5 bilhões enquanto para as demais regiões as exportações giram em torno de 1 bilhão de dólares.

Referências:
VESENTINI, José William; VLACH, Vânia. Geografia Crítica. São Paulo: Ática, 2002.
São Paulo (Estado) Secretaria de Educação. Caderno do professor: geografia, ensino médio, 3ª série, vol. 3. Maria Inês Fini [et al]. São Paulo: SEE, 2009.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não encontrou o que queria? Pesquise na web.

Pesquisa personalizada