quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Territórios ultramarinos - Gibraltar, Ceuta e Melilla.

Área onde se localizam Gibraltar, Ceuta e Melila.
Existem algumas regiões no mundo que geograficamente são de extrema importância estratégica. Locais muitíssimos disputados. No mar Mediterrâneo, historicamente disputado "palmo a palmo", pequenos enclaves refletem uma história de ocupações e disputas que perduram do século XVI até hoje. Locais próximos ao estreito de Gilbraltar, com largura aproximada de 15 quuilômetos, que separa a África da Europa e por onde passam muitos navios. É o caso de Gilbraltar, Ceuta e Melilla.
Gilbraltrar.
Centro cultural La Mina em Gilbraltar.
Crédito: Laminaholiday.


Pequena península na costa sul da Espanha, dista de Marrocos 32 quilômetros. Foi possessão da Inglaterra em 1704, posteriormente cedido à Espanha em 1714 (Tratado de Utrecht). Mas ainda está sob domínio do Reino Unido, mesmo tendo a ONU, em 1968 votado a favor da devolução do território à Espanha..
A maioria da população fixa é de origem britânica apesar de possuir muitos trabalhadores espanhóis. A condição oficial da pequena península é de território não-autônomo, sujeito ao controle da ONU com poder administrativa do Reino Unido. População, em torno de 208 mil habitantes (1996).
Ceuta.
De frente a Gilbraltrar encontra-se Ceuta. Portugal tomou a localidade em 1415 que posteriormente passou à Espanha em 1688, continuando sob domínio espanhol após a independência de Marrocos no ano de 1956. Há muitas reclamações perante a ONU motivadas pela Organização da Unidade Africana, mas Ceuta ainda continua como possessão espanhola que mantém um forte aparato militar no local.
A maioria da população é espanhola (80%) sendo o restante composta por árabe e outras etnias. A autoridade civil é exercida por um chefe de governo espanhol administrado como parte de Cadiz. Possui em torno de 71.190 habitante (1996).
Melilla.
Trata-se de praticamente uma cidade ultramarina espanhola. Os feníncios foram os fundadores e a localidade foi conquistada por vários povos como romanos, godos e árabes. A Espanha domina o território desde 1495. Marrocos também reivindica a região, à semelhança de Ceuta, mas a Espanha o mantém como um importante porte e uma base militar.
A composição da população é semelhante a de Ceuta, politicamente também é governada por um representante espanhol. População em torno de 58.460 habitantes (1996).
O turismo.
Esses territórios ultramarinos possuem um excelente potencial turístico, devido, principalmente, ao clima e a infraestrutura.

Referência:
Enciclopédia do Mundo Atual. [trad. Jones de Freitas, Japiassu Brício, Rento Aguiar]. 2ed. São Paulo: Terceiro Milênio, 2000. pp.263 e 407.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não encontrou o que queria? Pesquise na web.

Pesquisa personalizada