sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Divisões do continente americano: a América Latina.

Machu Picchu, Peru.

Considera-se América Latina a região que se estende do México ao sul da Argentina que foi colonizada principalmente por espanhóis e portugueses e teve a colonização de exploração como característica principal. A unidade dessa região se dá principalmente por fatores culturais e socioeconômicos.
Subcontinente extremamente explorado pelas potências europeias, fator que contribuiu sobremaneira para o atual subdesenvolvimento.
A região assistiu a uma das maiores miscigenações do mundo, visto que o europeu teve contado com o habitante local (ameríndio) e depois trouxe os negros da África formando assim uma cultura que contém elementos das três etnias.

Por índio e por negro não se deve entender homogeneidade, visto que era nome genérico de diversos povos que muitas vezes não tinham nem contato uns com os outros.
O branco europeu, majoritariamente provindos de portugal e espanha, já havia sofrido influência árabe em seus territórios, a Ibéria. Completando esse quadro de miscigenação, entraram no continente por volta do século XIX e XX, muitos imigrantes. Em especial no sudeste e sul do Brasil e na Argentina, eles vieram para trabalhar nas lavouras e eram principalmente portugueses, italianos e espanhóis. Grupos de asiáticos também vieram para a América Latina vindos do oriente médio e do extremo oriente.
A América Latina possui paisagens deslumbrantes, tanto as naturais - florestas, savanas, cordilheiras, rios, pampas, etc. Como sociais - belas cidades, patrimônios históricos, etc.
Toda essa região foi palco de muita riqueza para aqueles que a exploram e, consequentemente o povo explorado herdou um subdesenvolvimento estrutural.
Mesmo independente os grupos locais, a maioria reacionários, não mudaram a situação em sua estrutura e mantiveram a maioria da população subjugada à elite conservadora.
A América Latina vive atualmente um momento de reafirmação de sua identidade. Alguns governos que reivindicam as heranças de primeiros habitantes tentam se posicionar pró-população. Pode-se até dizer num "despertar" da região.
Rio de Janeiro, Brasil.

Tecendo mais análises, o subcontinente quando saiu da exploração de seus colonizadores caiu nas mão de potências imperialistas. Primeiro o Reino Unido, dentre outros com menos intensidade, agora com os Estados Unidos. País esse que mantém seus interesses sob toda a região.
Três país se destacam pela condição que lhes deram de emergentes - Brasil, México e Argentina. São países que possuem uma significativa industrialização e atraem investimento de grandes empresas. Há outros países que se assemelham aos três primeiros, são eles: o Chile, Venezuela e Colômbia.


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não encontrou o que queria? Pesquise na web.

Pesquisa personalizada