sábado, 10 de janeiro de 2015

Águas subterrâneas e aquíferos.

As águas subterrâneas são de extrema importância no planeta Terra, elas representam 97% do total de água doce líquida e o abastecimento de água pelo mundo é feito principalmente nessas águas. Cerca de 1,5 bilhão de pessoas utilizam água subterrânea. Mas nem todas as rochas tem a mesma capacidade de ser armazenada, apesar de todas as rochas apresentarem capacidade de armazenamento.
A capacidade de armazenamento de água é determinada pelos poros contidos nas rochas, isso ocorre principalmente nas rochas sedimentares clásticas ou basaltos vesiculares. Ou pode ocorrer também em rochas atravessadas por fendas e capilares, essas são rochas compactas, muitas vezes cristalinas.
A porosidade de uma rocha é o nome que se dá a capacidade que ela tem de armazenar água, quando o armazenamento de água se dá em tal quantidade que permite a exploração econômica da-se o nome de aquífero. A comunicação entre os poros é um fator essencial para a exploração econômica da água, é essa comunicação que permite que a água percorra mais facilmente o percurso até o poço feito.
As argilas tem capilares muito finos, armazenam muita água mas não são boas fornecedoras, pois não há comunicação entre os poros. Já as rochas sedimentares clásticas que possuem uma certa uniformidade nos poros e no tamanho das partículas possibilitam, além do armazenamento, o fornecimento de água.

Referências:
LEIZ, Viktor. AMARAL, Estanilau. Geologia Geral. 14ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2001.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não encontrou o que queria? Pesquise na web.

Pesquisa personalizada