quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Rochas formadoras da Crosta.

Representação das camadas internas da Terra. Imagem: DicionárioProBr
Conceito de rochas:
“Por definição, as rochas são produtos consolidados, resultantes da união natural de minerais. Diferente dos sedimentos, por exemplo areia de praia [...] as rochas têm os seus cristais ou grãos constituintes muito bem unidos.” p. 37.
As rochas podem ser agrupadas de acordo com sua formação na natureza, são três grupos.
Ígneas ou magmáticas.
Resultam do resfriamento do magma, podem ocorrer no interior da crosta ou na sua superfície. Se o magma se solidificar no interior ela será intrusiva se ela se solidificar na superfície será extrusiva.
A textura da rocha nos possibilita identificar a qual desses grupos ela pertence, nas intrusivas o resfriamento é lento, fazendo com que os minerais adquiram o tamanho suficiente para serem visíveis, p. ex.: o granito. Já as extrusivas o resfriamento é rápido, os cristais não crescem o suficiente para ser percebidos pela visão, p. ex.: o basalto.
Sedimentares.
Formadas pela compactação e cimentação de fragmentos de outras rochas. Para que elas sejam formadas há necessidade da existência de outras que se desgastam e fornecem os sedimentos necessários a formação das rochas sedimentares.
Quando são formadas por partículas pré-existentes são clásticas, quando são formadas por produto de intemperismo ou precipitação de radicais salinos são chamadas de químicas ou não-clásticas.
O carvão mineral, em suas variadas fases de formação, os agregados de matérias orgânicas como restos de fezes de animais e conchas de animais são considerados uma pseudo- rocha, visto que são formados de matéria orgânica.
Metamórficas.
Surgem da transformação que já existem que se modificam por pressão e temperaturas, desde que os ponto de fusão dos minerais não sejam atingidos. Se as rochas atingirem temperaturas em torno de 700-800º C, elas se fundem e produzem novamente o magma.
A superfície da crosta possui 75% de rochas sedimentares, o que significa um a fina camada que recobre-a. Quando se analisa o volume total da crosta 95% é de rochas cristalinas (magmáticas e metamórficas) e apenas 5% de rochas sedimentares.

Referência:
TEIXEIRA, Wilson (et. al) Decifrando a Terra. São Paulo: Cia. Editora Nacional, 2008.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não encontrou o que queria? Pesquise na web.

Pesquisa personalizada