quarta-feira, 21 de junho de 2017

Movimentos migratórios para América nos séculos XIX e XX.

"Os primeiros movimentos migratórios intercontinentais tinham finalidade de explorar e/ou colonizar novas terras. A Europa foi um importante foco de emigração quando, no período das grandes navegações (a partir do século XV), permitiu o deslocamento de europeus para as áreas recém-descobertas, principalmente da América.
Essa emigração européia continuou por muito tempo. A mais expressiva emigração que ocorreu da Europa para a América foi ao longo de todo o século XIX (1801-1900) e dos primeiros 25 anos do Século XX. Calcula-se que a saída de europeus tenha ultrapassado a casa dos 60 milhões de pessoas. Esse deslocamento populacional foi em decorrência de um conjunto de acontecimentos, de ordem social e econômica, que funcionou como fator de repulsão populacional para a Europa e de atração populacional para a América. Entre os quais se destacavam como motivo de repulsão, o estado de miséria de uma parcela expressiva dos habitantes europeus; como motivo de atração, as vantagens econômicas oferecidas por muitos países do continente americano aos europeus que se dispusessem a viver no novo território. 
Após a Segunda Guerra Mundial, o mundo presenciou uma mudança significativa no quadro dos fluxos migratórios. Os países afetados pela guerra, especialmente os europeus e o Japão, que eram países de emigração, reconstruíram suas economias e alteraram sua condição migratória. De países emigratórios, transformaram-se em áreas de imigração."

Fonte:
Geografia / vários autores. – Curitiba: SEED-PR, 2007. pp. 109-110.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não encontrou o que queria? Pesquise na web.

Pesquisa personalizada